in

Como se beneficiar da arbitragem criptográfica

Lembre-se de fazer sua própria pesquisa se estiver interessado em investir no mercado de criptomoedas e se beneficiar da arbitragem de criptografia.

Oportunidades de arbitragem estão se tornando cada vez mais prevalentes no setor de criptografia e oferecem aos comerciantes uma maneira atraente de maximizar seus ganhos. No entanto, assim como qualquer outra estratégia de negociação, a cripto arbitragem tem suas vantagens e armadilhas. Neste guia, discutiremos as maneiras mais inteligentes de se envolver na arbitragem de criptografia.

Mas, primeiro, vamos mergulhar brevemente no conceito de arbitragem em geral.

O que é arbitragem?

Os comerciantes já se engajaram na arbitragem muito antes do surgimento do mercado de criptografia. Basicamente, a arbitragem significa que um trader capitaliza a não uniformidade do preço de um ativo em vários mercados. Em essência, se o preço do ativo x for diferente em duas bolsas diferentes, um negociante pode comprar o ativo em uma bolsa a uma taxa mais barata e vendê-lo na outra plataforma a um preço um pouco mais alto.

Uma baixa correlação no preço de um ativo em várias bolsas é indicativa de ineficiências do mercado, das quais os comerciantes – neste caso, especificamente os arbitradores – podem lucrar.

Embora a ocorrência de ineficiências de mercado seja muito mais rara nos mercados financeiros tradicionais, o oposto parece ser o caso no mercado de criptografia. Isso se deve à maneira como o setor de câmbio de criptomoedas funciona. Essas plataformas tendem a executar sistemas isolados, resultando em preços não correlacionados. Portanto, ao longo dos anos, a arbitragem se tornou uma das estratégias preferidas para os comerciantes de criptografia.

O que é criptografia de arbitragem?

Assim como a arbitragem tradicional, a cripto arbitragem é o processo de capitalização da baixa correlação dos preços dos ativos criptográficos em duas ou mais bolsas. Por exemplo, se a Binance está vendendo Bitcoin por $ 53.000 e a Coinbase está vendendo Bitcoin por $ 53.400, um arbitrador pode comprar Bitcoin na Binance, transferir o BTC adquirido para a Coinbase e vendê-lo a uma taxa mais alta.

Uma vez que existem mais de 300 bolsas no mercado à vista vendendo ativos de criptografia como Bitcoin a preços ligeiramente diferentes, as oportunidades de arbitragem de criptografia são ilimitadas. Isso explica por que os traders estão cada vez mais procurando maneiras de identificar com eficiência essas oportunidades e capitalizar sobre os diferenciais de preços de frações de segundo em várias bolsas.

Observe que os lucros gerados por essas atividades de negociação dependem em grande parte da velocidade com que um arbitrador pode capitalizar sobre os preços não correlacionados dos ativos. Na maioria dos casos, a diferença de preço em várias bolsas existe apenas por um momento passageiro. Quanto mais os arbitradores capitalizam no spread entre duas bolsas, maior é a probabilidade de convergência de preços. Em outras palavras, você tem que aproveitar as oportunidades de cripto arbitragem antes de outros negociantes ou então você corteja o risco de perdas potencialmente significativas.

Por que os preços não são fixados nas bolsas de criptografia?

Conforme observado anteriormente, as ineficiências do mercado ocorrem como resultado de operações de troca criptográfica em silos. Exceto para bolsas menores e de baixo volume, que tendem a seguir os preços de plataformas de negociação de criptografia mais estabelecidas, a maioria das bolsas tem um sistema interno de descoberta de preços.

As trocas de criptografia atualizam continuamente o preço oficial de um determinado ativo criptográfico de acordo com o preço mais recente pelo qual o ativo foi comprado ou vendido em suas plataformas. Portanto, dependendo da oferta e da demanda de um determinado ativo digital em um momento específico, os preços das criptomoedas em vários mercados podem ser diferentes.

O processo de capitalizar sobre as ineficiências do mercado é totalmente legal. Na verdade, a cripto arbitragem é fundamental para a uniformidade geral do mercado de criptografia. Sempre que houver diferenças de preços em várias bolsas, as atividades de negociação dos criptocombustíveis acabarão por fazer com que os preços do ativo digital entre as bolsas convergam.

Quais são os diferentes tipos de criptografia de arbitragem?

Existem vários tipos de atividades de arbitragem. Aqui, vamos destacar aqueles mais populares entre os comerciantes de criptografia:

  1. Arbitragem Determinística. Esta é a forma mais simples de arbitragem. Envolve os comerciantes comprando e vendendo simultaneamente um ativo digital em duas bolsas de forma a lucrar potencialmente com as ineficiências do mercado. Aqui, o trader identifica oportunidades de arbitragem em duas bolsas específicas, compra o ativo na plataforma com o preço mais baixo e vende o ativo por um preço mais alto na segunda bolsa.
  1. Arbitragem triangular. Também há uma oportunidade de lucrar com os preços não correlacionados de três pares de criptomoedas em uma bolsa, especialmente quando uma das criptomoedas está momentaneamente subvalorizada na plataforma. Por exemplo, um negociante poderia negociar BTC por ETH, converter ETH em XRP e então negociar o XRP de volta em BTC. Em suma, esse processo envolve a movimentação de fundos via pares BTC / ETH, ETH / XRP e XRP / BTC com o objetivo de acabar com mais BTC.
  1. Arbitragem descentralizada. Com essa estratégia, os traders estão procurando executar negociações de arbitragem em bolsas descentralizadas ( DEXs ), como Uniswap, Balancer ou Curve. Os árbitros podem comprar ou vender ativos digitais agrupados que podem estar sub ou supervalorizados nessas diferentes plataformas. Assim como ocorre com as trocas criptográficas centralizadas, essas atividades acabam resultando em uniformidade de preços nos DEXs.
  1. Arbitragem estatística. Isso envolve o uso de modelos de dados quantitativos e bots para lucrar com oportunidades de arbitragem em escala. Como o processo é automatizado, um arbitrador pode executar centenas de negociações em questão de minutos para aumentar seu potencial de lucratividade.

Como otimizar sua estratégia de arbitragem de criptografia

Ao se envolver na arbitragem de criptografia, a primeira coisa que você deve ter em mente é que você está negociando em um mercado muito volátil. Portanto, você deve fazer o que for necessário para otimizar a velocidade de suas negociações antes que a janela de oportunidade para obter lucro se feche. Você pode otimizar a velocidade aderindo a bolsas de alta liquidez que podem combinar e executar suas ordens instantaneamente. Por outro lado, as negociações em bolsas de baixo volume podem levar vários minutos antes de serem correspondidas. Nessa altura, a oportunidade de arbitragem pode ter expirado.

Também existe a opção de usar bots projetados para automatizar e otimizar a negociação de criptografia de arbitragem. Essas ferramentas, combinadas com rastreadores de ineficiências de mercado, são recomendadas para arbitradores de criptografia. Além disso, se você deseja transferir fundos entre duas bolsas, certifique-se de usar criptomoedas com altas velocidades de transação. Portanto, um arbitrador não seria aconselhado a transferir Bitcoin de uma bolsa para outra, especialmente durante períodos de alto congestionamento da rede.

Outro fator que você deve ter em mente são as taxas de transação potenciais. Você não quer que os custos indiretos para a execução de negociações e transferências prejudiquem seus lucros. Para mitigar o impacto das altas taxas de transação, você pode depositar acervos suficientes de ativos criptográficos em várias bolsas ao mesmo tempo. Então, sempre que quiser aproveitar uma oportunidade de arbitragem, você pode reorganizar seu portfólio de uma forma que lhe permita capitalizar a oportunidade.

Por exemplo, um arbitrador pode deter 1 BTC na Coinbase e $ 53.000 em USDT na Binance. Quando o preço do Bitcoin é $ 53.000 na Binance e $ 53.200 na Coinbase, o negociante lógico poderia vender seu Bitcoin na Coinbase por USDT e comprar 1 BTC na Binance com suas participações em USDT. Isso permitiria ao negociante embolsar a diferença de $ 200 como lucro.

Desta forma, o trader contornou quaisquer taxas de depósito e retirada, bem como economizou o tempo que leva para processar as transações entre bolsas. A única coisa com que esse negociante precisa se preocupar são as taxas do fabricante e do tomador, que, no entanto, são bastante baixas para os negociantes de alto volume. Observe que os crypto arbitrageurs quase sempre precisam executar grandes negociações para poder gerar lucros significativos em uma única oportunidade de arbitragem.

Uma última observação sobre a arbitragem de criptografia: tenha em mente os riscos associados às carteiras quentes. Arbitradores de criptografia estão muito expostos a esses riscos porque são obrigados a manter ativos criptográficos em carteiras fornecidas por bolsas de criptomoedas. Por esse motivo, é aconselhável, na medida do possível, restringir suas atividades a bolsas de valores confiáveis ​​e altamente seguras.

Seguir as melhores práticas e medidas básicas de cripto-arbitragem deve ajudá-lo a aproveitar ao máximo as múltiplas oportunidades de arbitragem que existem no mercado de criptografia hoje.

Lembre-se de sempre fazer sua própria pesquisa antes de investir em criptomoedas.

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
33

Um guia de 5 etapas para planejar seu IDO: um guia da PlasmaFinance

37

Como manter sua criptografia segura